Publicador de Conteúdos e Mídias

Diário Oficial da União

Publicado em: 03/06/2019 | Edição: 105 | Seção: 3 | Página: 11

Órgão: Ministério da Cidadania/Secretaria Executiva

EDITAL Nº 17/2019CONTRATA NA MODALIDAdE CONSULTORIA INDIVIDUAL

OBJETIVO/VAGA: Contratação de consultoria individual para desenvolver avaliação e diagnóstico da Rede Cadastro Único a partir de análise documental, entrevistas com gestores de programas usuários e grupo focal com os integrantes da Rede, bem como elaborar documento propositivo que contenha propostas de estrutura de governança, estratégias de interação presencial e virtual; facilitação de gestão em rede; e metodologia de gestão de conhecimento em rede - produção, comunicação e divulgação. 01 (uma) VAGA.

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL: Graduação na área de Ciências Humanas, em Administração ou em Gestão Pública, segundo classificação da CAPES, preferencialmente Administração Pública, Gestão Pública, Ciência Política, Ciências Sociais ou Antropologia e Mestrado em cursos da área de Ciências Humanas, de Administração ou de Gestão Pública, segundo classificação da CAPES, preferencialmente Administração Pública, Gestão Pública, Ciência Política, Sociologia, Antropologia ou Ciências Sociais e experiência profissional mínima de 1 ano na área de estudo de relações governamentais intersetoriais e/ou rede de políticas públicas e experiência mínima de 2 anos com métodos de pesquisa qualitativa, incluindo uso de entrevistas e/ou grupos focais.

O termo de referência está disponível no sítio: http://mds.gov.br/acesso-a-informacao/institucional/internacional/editais-pessoa-fisica. Os interessados deverão enviar o currículo a partir do dia 02/06/2019 até o dia 08/06/2019 para o endereço: sedct.914brz3048@cidadania.gov.br (exclusivamente).

O currículo deverá ser enviado em formato PDF, no modelo disponível no sítio (http://mds.gov.br/acesso-a-informacao/institucional/internacional/editais-pessoa-fisica), bem como o número do edital deverá ser informado no campo assunto - e-mails que não atenderem a tais requisitos serão desconsiderados.

Em cumprimento ao disposto no Decreto n.º 5.151 de 22 de julho de 2004, as contratações serão efetuadas mediante processo seletivo simplificado (análise de currículo), sendo exigida dos profissionais a comprovação da habilitação profissional e da capacidade técnica ou científica compatível com os trabalhos a serem executados. "É vedada a contratação, a qualquer título, de servidores ativos da Administração Pública Federal, Estadual, Municipal ou do Distrito Federal, direta ou indireta, bem como de empregados de suas subsidiárias e controladas, no âmbito dos acordos de cooperação técnica internacional".

EDWARD LÚCIO VIEIRA BORBA

Diretor de Cooperação Técnica

Este conteúdo não substitui o publicado na versão certificada.