Verbete

Voltar

Busto de Dom João VI

Localizado na Praça Impressão Régia, nos jardins da IN, o Busto de D. João VI foi inaugurado no dia 13 de maio de 2008, nas comemorações do Bicentenário do Órgão, quando se homenageou o criador da Impressão Régia no Brasil, o príncipe regente D. João (João Maria José Francisco Xavier de Paula Luís Antonio Domingos Rafael de Bragança). À frente da família real portuguesa, ele veio para o Brasil e, no Rio de Janeiro, em 13 de maio de 1808 (dia de seu aniversário) criou a instituição que é hoje a IN.

A obra foi esculpida pelo artista plástico catarinense, Plinio Verani Junior, e doada pelo presidente do Instituto Camões da Embaixada de Portugal, Adriano Jordão. O tributo a D. João VI foi acompanhado com muita emoção por autoridades, intelectuais e servidores da IN. Estavam no evento o então presidente da Associação Brasileira de Imprensas Oficiais, Francisco Pedalino Costa, dirigentes das imprensas oficiais de São Paulo, Rio de Janeiro, Sergipe, Goiás, Mato Grosso e Espírito Santo, além do diretor do Instituto Camões, Adriano Jordão. O embaixador de Portugal na época, Francisco Manuel Seixas da Costa, abriu o evento das comemorações. No dia da inauguração do busto, o Instituto Camões instalou-se na IN e transferiu seu expediente diplomático e cultural.