Notícias da Imprensa Nacional

LITERATURA

Machado de Assis, patrono da IN, continua em voga no Exterior

Publicado: 10/06/2020 11:36:00

O escritor e patrono da Imprensa Nacional, Machado de Assis, ganhou mais um reconhecimento no exterior com a nova versão do romance Memórias Póstumas de Brás Cubas publicada nos Estados Unidos pela editora Penguin, após 139 anos da sua primeira edição, impressa pela então Typographia Nacional, atual IN, em 1881, no Rio de Janeiro.

Conforme noticiou a revista americana The New Yorker em elogiosa resenha, a nova versão do livro resulta do doutorado da americana Flora Thomson-DeVeaux, sob o título The Posthumous Memoirs of Brás Cubas

Por aqui, a notícia ganhou bom destaque na mídia. Conforme a coluna do jornalista Ancelmo Gois, de O Globo, a resenha explica que "é um presente glorioso para o mundo, porque brilha, canta, é muito divertida e consegue capturar o tom inimitável de Machado, ao mesmo tempo mordaz e melancólico, autodilacerante e romântico".

A revista Época informa que a tradução é uma redescoberta do escritor nos EUA. O site Folhape destaca que o lançamento esgotou-se em uma dia.

É uma boa notícia no mês de nascimento do escritor, que aniversaria no próximo dia 21, data lembrada anualmente na IN pelo batismo de corredores da Casa com nome de suas obras. A homenagem começou em 2018, quando o andar térreo recebeu justamente a nomeação de Corredor Memórias Póstumas de Braz Cubas (foto abaixo).

​​​​​​​